Google+

domingo, 15 de dezembro de 2013

Um estudo sobre relacionamentos


    Senhores, eu gostaria de poder concluir algumas coisas acerca de relacionamentos homossexuais e seus fracassos, e para isto preciso da vossa ajuda. 

    Imagino que seja um grande problema se encontrar outros homens que atendam ao que esperamos de um namorado, principalmente estando no armário, pois isto restringe o número de parceiros em potencial que conhecemos.


    Desta forma, peço que vocês enumerem as características que vocês julgam ser as piores que um homem pode ter, dando um número menor às piores características, tais como:

[x] - nível educacional;
[x] - estado financeiro;
[x] - religioso ou não;
[x] - beleza ou falta dela;
[x] - estar fora ou dentro do armário;
[x] - ser afeminado ou não;
[x] - posição política;
[x] - preferência de posição sexual;
[x] - outras.
    Destas, quais características vocês dão maior peso para recusar uma pessoa como possível namorado?

Um grande abç e ótima semana,
N.B.

31 comentários:

  1. Do pior para o melhor
    1- nível educacional (é difícil conseguir manter um relacionamento com alguém que não tem os mesmos interesses culturais que você)
    2- estar fora do armário (a pessoa simplesmente não está no mesmo estágio que você)
    3 - não religioso (não de ir ao templo religioso, qualquer que seja, toda semana, mas de ter religiosidade)
    4- posição política (não se tratando de partidos políticos, porque para isso se dá um jeito, mas em relação a políticas públicas e princípios em geral)
    5- preferência de posição sexual (porque às vezes não dá jeito, né)
    6- falta da beleza (por que seria hipocrisia jurar que não nos impostamos nem um pouco com a aparência de nosso parceiro)

    A mim pouco importa estado financeiro ou ser afeminado.

    Quando comecei a pensar sobre o assunto, achei que colocaria a beleza em primeiro lugar, mas refleti que não estamos falando do que idealizamos por tantos anos como sendo o homem ideal, o príncipe encantado, mas sim, quais características que damos maior peso para recusar uma pessoa como possível namorado.

    Essa é minha humilde opinião.

    N.B., parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  2. Para recusa, em ordem de importância:

    [1] - ser afeminado
    [2] - ser fanático por política, ativismo, fofoca, religião ou cantoras POP
    [3] - não querer ser só meu, todo meu, todo meu
    [4] - ser feio
    [5] - não ter ambição de evoluir financeiramente
    [6] - ser exclusivamente ativo
    [7] - estar fora do armário (do tipo que diz "oi, sou gay... em vez do seu nome")
    [8] - ter +18 e não ter iniciado ou pensando em iniciar uma faculdade
    [9] - demonstrar preconceitos contra algum tipo de pessoa*
    [10] - não saber fazer cafuné e nem café
    [BÔNUS] - não deixar acessar o blog do N.B. depois que casarmos... deus, que bunda, oh bunda santificada que ilustra este post, glorificái de pé igreja!

    *não se sentir atraído por determinado tipo de pessoa não é ter preconceito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que nojo....

      "ser afeminado"
      "não querer ser só meu, todo meu, todo meu"
      " não ter ambição de evoluir financeiramente"


      e depois: "demonstrar preconceitos contra algum tipo de pessoa"
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. 1- nao respeitar a opinião do outro

      Excluir
    3. João,

      Não vi preconceito na lista dele. Ele ainda explicou desnecessariamente com o asterisco - para o pessoal com raciocínio lento, talvez? - que se trata dos desejos que tem, trata-se do tipo de pessoal que ele tem atração...

      Aposto que você é destas bichinhas afeminadas que são discriminadas e se revoltam com os gays enrustidos e com aparência masculina.

      Velho, você não sente atração por vaginas e nem por mulheres e ainda assim quer ditar por qual biotipo um gay deve ter desejos. Eu que tenho nojo de você.

      Excluir
    4. Ou é uma dessas "bichinhas afeminadas" que são assumidas e podem se expressar livremente sem medo dos outros e enfrentam a discriminação dos outros por ser corajoso. Garanto que estas devem viver mais felizes que muitos aqueles que não se assumem -- que se guardam todinhos querendo, na verdade, se expor.
      E na verdade, devem se importar menos com bichas metidas a discretas (mas que não são) do que estas mesmas discretas se importam muito com as afeminadas ou "joãos" da vida e se doem de inveja e frustração desnecessários por eles.
      Generalizando, claro, há muitos gays masculinos que são DESENCANADOS e não são preconceituosos com o próprio grupo.

      Excluir
  3. Bem, mesmo sem experiência no assunto, gostei da proposta. Deixe-me ver quais seriam os critérios excludentes do meu par idealizado ...

    [1] - posição política; (para além de propostas governamentais ou ideologias, tomo por política cada ação que conduza o entrosamento entre indivíduo e sociedade. É para mim impensável manter relações de bom grado com indivíduos que demonstram pouco caso as questões humanas, ou ao trato de animais e ambiente, amparando-se em padrões elitistas, tomando-se como a medida do mundo).

    [2] - nível educacional; (entenda por nível educacional, muito mais a capacidade de edificar análises críticas e argumentadas na construção da opinião própria, que uma educação formal).

    [3] - religioso ou não; (de preferência que fosse agnóstico, que compreendesse a religião, antes de tudo, como conceitos humanos, construídos e mutáveis; ao menos que fosse um fiel relapso. Se for um indivíduo fervoroso simplesmente não se interessará por mim, tão pouco eu por ele, exceto como objeto de estudo).

    [4] - beleza ou falta dela; (quisera eu estar imune aos padrões estéticos que nossa cultura impõe compulsivamente, porém não estou. A estética, em geral, é o primeiro chamariz a que estou sujeito. Meu primeiro e superficial critério para seleção da beleza que nem detenho. Felizmente um percalço reparável. Um defeito é fato. Empenho-me em mudá-lo).

    [5] - ser afeminado ou não; (resquícios de influencia machista aliado ao receio da opinião alheia, este é mais um ponto falho em meu caráter. Embora desde cedo identificado como um, pois me recuso a fazer uso da agressividade e falta de cortesia que usada para a mensuração da heterossexualidade, devo confessar que, em primeiro contato, me sinto desconfortável. Tal atitude me é motivo de vergonha, não me agrada ter esta característica, meu consolo é saber que este preconceito não passa do primeiro ou segundo contato. Acredito que superaria este comportamento, saltaria esse obstáculo, se a pessoa a quem direciono meu afeto assim fosse, o grande desafio é estender tal postura a todos. Valha-me Zeus).

    [6] - estado financeiro; (apenas não é insignificante, pois na presente conjectura, e aos planos que tenciono, se faz inviável amparar alguém que não tenha as básicas condições financeiras de subsistência. Mas estando este quadro revertido, tendo eu dinheiro para os dois, este item receberia um zero ressoante. Em verdade, um de meus planos é levar uma vida simples, à margem segura do consumismo).

    [7] - estar fora ou dentro do armário; (tanto fez, tanto faz. Quem sou eu para exigir que se declare ao mundo. Mas sendo, não seria isto, nem de longe, um impeditivo).

    [8] - preferência de posição sexual; (acredito que por mais exótica que possa vir a ser é possível alcançar um consenso. Indiferente).

    [9] - outras. (é provável, melhor, é certo que há outros crivos, mas dadas as horas, e indolência, fico por aqui).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que culto, você. Fico imaginando uma trepada com alguém assim:
      - oi, vamu fude?
      - se se referes ao ato de acasalamento entre dois indivíduos do mesmo sexo, que no caso em específico do qual estamos tratando diz respeito a seres masculinos como peneses, órgãos genitais de aparencia roliça em formato cilindrico e de diversas cores... [clique aqui para ler mais 1237123216 linhas].
      - ele disse sim?

      Tô brincando, issanssanzinho.

      Excluir
    2. Que bacana. Me identifiquei muito com as respostas, além de serem politizadas, trazem contexto.
      Abçs

      Excluir
  4. Bom, vou dar meu parecer avaliando o que sinto de todos em geral, mas também me incluindo nessa visão. Vou misturar com características adicionais que pensei.

    1 - Ser soro positivo: não sejamos hipócritas, pois a maioria quando sabe que o cara é assim decidem não investir na relação. Ainda que eles busquem se relacionar com quem também é e haja alguns poucos que não são que aceitam (há muito preconceito também, inclusive de gays);

    2 - Ser afeminado: apesar de existirem aqueles que só curtem homens assim, e outros que até aceitem se envolver e ver no que dá, sabemos que muitos não curtem e isso é uma dificuldade que esses encontram;

    3 - insegurança psicológica: muito associada ao ciúme, a dificuldade de levar a relação à frente devido a grande cobrança, o medo da "traição" em todas as suas interpretações, pessoas que têm dificuldades de viver em conjunto e brigam muito até por motivos rasos. Além de não serem nem um pouco autoconfiantes, a atração se esvai e no máximo acabam virando só amigos :o;

    4 - Falta de beleza: aqui, incluindo qualquer apelo visual que dê um tchan na atração. Apesar de poder muitas vezes ser colocada na primeira posição, muitas vezes nos vemos em situações que estamos amando ou curtindo alguém bacana sem ser tido como lindo pela maioria dos olhares que estão a volta;

    5 - preferência da posição sexual: dizem que há alguns anos os gays eram mais flex e não tão segmentados em A,V e P ou goines, e hoje vejo que muitos não abrem mão de sua posição sexual ou por limitação (não se deixam experimentar, medo, preconceito, vide passivos) ou por isenção ou redução de prazer. Mas, é possível fazer um cara mudar de ideia se ele realmente gostar de você e você souber chegar devagarinho rs;

    6 - Estar no armário: vejo que é mais difícil alguém que já saiu querer voltar do que o contrário, afinal podemos ser o psicólogo do nosso amor que ainda teme ver as luzes do lado de fora e ajudá-lo a sair. Nem todos têm paciência, mas não é a pior de todas as características, ainda que não dá para colocá-la no mesmo número que a 4 ou 5, né? Senão, poderia caber ali;

    7 - Nível educacional: aqui eu penso que em geral basta o cara ter uma personalidade compatível com a do companheiro e um nível financeiro parecido para acompanhar, não necessariamente educacional. Só se ele for muito "xucro" e outro sofisticado, aí é certeza que haverá atritos;

    8 - Religioso: já vi muitos casais não se importarem tanto com isso, ainda que para nós gays deve ser um saco estar ao lado de alguém que beira o puritanismo e queira dar uma de carola comprometendo a relação rs (vocês entenderam né? rs);

    9 - Posição política: ao meu ver de todas é a menos importante e que possivelmente não vai gerar muitos atritos, exceto se se tratar de caras radicais que não aceitam dialogar com uma ideia diferente nem mesmo com seu amado. Dá até para conviver se você gosta mais de um candidato à eleição e ele outro.

    É isso, desculpe ser muito prolongado, mas é bom dar uma pequena explicação de cada ponto para melhor situar os leitores.

    ps: você gostou mesmo dessa bunda, já é a segunda vez que a foto é postada XD.

    Boa semana.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. porra custava só colocar na ordem?

      Excluir
  5. [x] - nível educacional; Para mim a pessoa deve ter a escolaridade mínima (12º ano em Portugal, não sei como funciona no Brasil mas acho que deve ser sistema semelhante.

    [x] - estado financeiro; Muito importante para mim, sou uma pessoa que dá muito valor a coisa como o conforto, o luxo, jantares em restaurantes, bens materiais, férias e uma casa/apartamento em condições. Isto não significa que quero viver às custa do meu namorado, mas que em conjunto os nossos rendimentos possam permitir um estilo de vida confortável.

    [x] - religioso ou não; Depende do "fanatismo", mas felizmente em Portugal o nível de fanatismo religioso é bastante baixo. Por isso nem acho que seja um critério assim tão relevante.

    [x] - beleza ou falta dela; A aparência é algo importante para mim, não quero namorar com alguém que é feio ( ou às vezes até é bonito mas não se cuida), não procuro o homem mais lindo e perfeito do mundo, mas também não namoraria com qualquer um.

    [x] - estar fora ou dentro do armário; Como eu estou numa fase entre os dois (digamos que estou com um pé dentro e um fora) este critério não é muito importante. Talvez quando eu sair por completo do armário ele se torne mais importante. Agora eu lido bem com todo o tipo de pessoas.

    [x] - ser afeminado ou não; Mega importante. Gays afeminados não são bem aceites em Portugal. Prefiro pessoas que sejam mais masculinas (sem ofender ninguém)

    [x] - posição política; Tanto faz. Gosto duma boa discussão politica :)

    [x] - preferência de posição sexual; Fica complicado quando chega ao ato e nenhum dos dois quer dar. Mas acho que quando se gosta tudo encaixa.

    [x] - personalidade; Coloquei esta porque acho que é bastante importante para mim. Sou uma pessoa com defeitos e virtudes muito vincadas e preciso de alguém que saiba lidar comigo e que me ajude a crescer como ser humano assim como eu irei fazer com ela.

    Coloquei por ordem N.B

    -Mais importantes
    [x] - estado financeiro;
    [x] - ser afeminado ou não;
    [x] - personalidade;
    [x] - beleza ou falta dela;
    [x] - nível educacional;

    -Menos importantes
    [x] - preferência de posição sexual;
    [x] - religioso ou não;
    [x] - estar fora ou dentro do armário;
    [x] - posição política;

    Miguel 21

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui no Brasil é segundo grau completo Miguel. Costumo visitar Portugal bastante, me adicione no skype podemos conversar melhor, tenho 23 anos.
      Marcos_salmeida@hotmail.com

      Excluir
  6. [4] - nível educacional;
    [6] - estado financeiro;
    [7] - religioso ou não;
    [1] - beleza ou falta dela;
    [3] - estar fora ou dentro do armário;
    [2] - ser afeminado ou não;
    [7] - posição política;
    [5] - preferência de posição sexual;
    [8] - outras.

    ResponderExcluir
  7. [1] - beleza ou falta dela;
    [2] - ser afeminado ou não;
    [3] - estar fora ou dentro do armário;
    [4] - nível educacional;
    [5] - preferência de posição sexual;
    [6] - estado financeiro;
    [7] - posição política;
    [8] - outras.

    ResponderExcluir
  8. [2] - nível educacional;
    [5] - estado financeiro;
    [8] - religioso ou não;
    [1] - beleza ou falta dela;
    [6] - estar fora ou dentro do armário;
    [4] - ser afeminado ou não;
    [7] - posição política;
    [3] - preferência de posição sexual;

    ResponderExcluir
  9. [1] - nível educacional, uma boa conversa é fundamental em qualquer tipo de relacionamento
    [6] - estado financeiro, se a pessoa estuda, trabalha e tem chance de crescer acho uma boa
    [5] - religioso ou não; tenho um certo problema com pessoas que são exageradamente religiosos ou que sempre quer provar acreditar em Deus.
    [4] - beleza ou falta dela; já me apaixonei por caras não tão bonitos pela sua graça,comportamento,beleza interior e ética. Além de ter caras que não são bonitos mais são exageradamente charmosos ex: Wagner Moura
    [8] - estar fora ou dentro do armário; estou com um pé fora e o outro dentro então não posso exigir muito sobre isso.
    [3] - ser afeminado ou não; uma única vez já me sentir atraído por um cara afeminado então acredito ser possível apesar de nunca ter ficado com um.
    [2] - posição política; a ideologia de uma pessoa é muito importante diz quem ela é.
    [7] - preferência de posição sexual; acredito que quando se conversa tudo é possível na cama, não a regras vale tudo quando os dois estão de acordo . E experimenta variar conhecendo coisas e deixar ser levado e levar também pela mente criativa do outro é bem interessante.
    [9] - outras. Ass; Carlos

    ResponderExcluir
  10. 1- infidelidade( nao procuro alguem que pensa com o rabo antes de pensar com a propria cabeça, se quer levar uma vida de solteiro, continue solteiro)
    2-honestidade ( acho grotesto que alguem se envolva com outra pessoa sem demonstrar quem de fato ela é)
    3-falta de expectativa (pessoas que começam um relacionamento já esperando o termino)
    4- No Armário ou não( uma coisa é aquele que tem problemas de homofobia na familia, outra é aquela que te esconde dos amigos e que sai olhando pra todos os lados quando está com você)
    5- Beleza ou falta dela( gosto de pessoas que se cuidam, nao precisa ser de fato a mais bonita delas)
    6- outras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas geralmente a pessoa que tem problema de homofobia na família fica tão preocupada, que não consegue se desligar quando sai com o parceiro, em vista de sempre poder se deparar com alguém próximo ou conhecido da família. Esse é o meu caso...

      Excluir
  11. nível educacional e caso ele seja religioso

    ResponderExcluir
  12. [3] - nível educacional; ( Depois da beleza física, precisa existir o um bom nível cultural/educacional, senão o primeiro critério deixa de fazer qualquer sentido em 1 semana)
    [8] - estado financeiro; (Tá aí algo que não faz menor diferença pra mim)
    [5] - religioso ou não; ( Vai que ele seja um evangélico/católico/muçulmano/ etc. fanático)
    [1] - beleza ou falta dela; ( É o que primeiro que chama atenção, não sejamos hipócritas. E claro, beleza é subjetivo, e a percepção dela varia de indivíduo pra indivíduo)
    [7] - estar fora ou dentro do armário; (Indiferente quanto a isso... Cada um tem seu tempo)
    [2] - ser afeminado ou não; (Não tenho qualquer tipo de atração por afeminados)
    [6] - posição política; (Se não for radical, tá beleza!)
    [4] - preferência de posição sexual; (Nem 8 nem 80. Alguém aberto às possibilidades)

    ResponderExcluir
  13. # precisa ter todos os dentes
    # não pode ser lirou monster
    # não aceito que tenha usado vegetais ou embutidos como consolo (nem na adolescência)
    # tem que saber fazer a xuca direito
    # não pode terminar palavras em "ãn" (ex.: meninoãn, babadoãn, interneteãn...)
    # não pode andar rebolando
    # não pode usar gloss, lápis de olhos, purpurina e nem lente de contato colorida
    # não aceito que seu e-mail pessoal seja do tipo "fulano.passivo@hotmail.com", "fulano.labiosdemel@hotmail.com", "fulano.apertadinho@hotmail.com"...
    # não poder ter e-mail da bol
    # não pode dublar a Britney (nem no banheiro)
    # tem que saber ao menos assinar com o dedo
    # não pode ter FOTOLOG ativo
    # não pode fazer atividades domésticas ou falar ao celular ou acessar o facebook e não sentir nada enquanto eu estiver comendo
    # tem que, pelo menos, saber separar corretamente as sílabas de "problema" (não ligo se falar "pobrema")
    # não pode respoder "só li um" e nem "O Pequeno Príncipe" quando perguntado sobre o melhor livro que já leu

    O resto posto depois de formatar no Word. Já tem em 63 páginas tamanho A4.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cruzes! Com que tipo de gente você tá andando, hein?

      Excluir
  14. [1] - nível educacional; Isso é bem básico, a pessoa tem que ter um nível intelectual interessante, senão o relacionamento não vai para frente.

    [2] - honestidade; Se o relacionamento é como uma construção a honestidade é o alicerce, se tudo desabar é muito difícil recomeçar de novo...

    [3] - posição política; Como disse algumas pessoas abaixo, posição política além de propostas governamentais é algo bem importante.

    [4] - ser afeminado ou não; Não me sinto atraído por afeminados porém desde que ele não deixe um rastro de purpurina por onde passa não descarto a possibilidade de rolar algo se pintar uma química.

    [5] - beleza ou falta dela; Concordo totalmente com oque o Romário Gonçalves disse quanto a isso, ela é a primeira coisa a reparar porém longe de ser a mais importante...

    [7] - religioso ou não; Não sendo fanático não ha problema.

    [6] - estar fora ou dentro do armário; não tenho problema quanto a isso.

    [8] - preferência de posição sexual; não dou muita importância a preferencia de posição sexual, porem o ideal para mim é o cara livre dessas taxas, afim oque importa mesmo é o prazer.

    [9] - estado financeiro; Na idade em que estou não tenho preocupação quanto isso.

    ResponderExcluir
  15. Bacana poder se deparar com vários pontos de vista, afinal cada um tem uma preferência, e prioriza certas características.
    Acho fundamental ter bom senso e não buscar a perfeição.

    ResponderExcluir
  16. Não sendo viadinho (afeminado), burro ( que não busque crescer através do estudo), feio (descuidado, fedido) e duro (pobretão) tá otimo, afinal de contas quero alguém como eu do meu lado.

    ResponderExcluir
  17. Só passei para desejar feliz festa de reveillon e que todos os sonhos do dono do blog e seus frequentadores se realizem. E que esse seja o ano de renovação,paz,união,sucesso,dinheiro no bolso e o ano perfeito para se apaixonar seja pelo que for que vcs esperem. Ass: Carlos

    ResponderExcluir
  18. Ok, vou comentar e dar as notas mais baixas para as piores

    (1) Nivel intelectual baixo: Esse defeito grave, pode ser corrigido pelo brilho de grandes qualidades, porém eu acho que ficar com alguém pouco inteligente vá gerar momentos de estresse futuro.

    (2) Preferência de posição na cama: Eu não esquento muito a minha cabeça com isso, mas eu não poderia ficar com um garoto totalmente ativo. Graças a deus um cara totalmente ativo é uma coisa difícil de se encontrar no mundo gay.

    (3) Estar no armário: Eu prefiro um menino afeminado do que um hétero de boutique que jamais assuma um relacionamento em público. Eu tenho nojo desses garotos que se fazem de héteros e posso cortar rapidamente as asas desse artista.

    Entretanto eu posso ponderar em alguns casos e ser bem paciente, desde que não haja abusos por parte do teatrinho dele e por isso eu não coloquei esse defeito nas duas primeiras posições

    (4) Falta de Beleza: Esse é grave, eu preciso ter tesão pelo meu namorado senão nada dá certo. O tópico é violento, porque na pratica a beleza é importante, mas eu não preciso namorar apenas os meninos que eu acho lindos.

    (5) Posição politica: Pode parece desimportante, mas eu não tenho muita paciência com gays libertarianistas e muito menos com gays reacionários, aliás o gay reacionário tem poucas chances comigo. Não tenho problemas com homossexuais de esquerda, mesmo que eles sejam militantes dificilmente irão me aborrecer.

    (6) Religião: Dificilmente isso atrapalha um relação gay e somente um garoto muito radical vai conseguir me afastar dele por causa disso.

    Obs: Se ele tiver que dá dizimo para essa religião está automaticamente eliminado.

    (7) Dinheiro: Isso aqui não é considerado por mim algo eliminatório, mas com certeza dificulta a relação.

    (8) Ser efeminado: Isso nem defeito é, eu não tenho nenhum problema em namorar um menino afeminado, eu até curto eles desde que não seja muito exagerado. Os efeminados dificilmente são ativos e isso facilitaria muito no 2º quesito da lista e dificilmente eles estarão no armário o que alivia o 3º da lista.

    Sendo gato ele pode dar a pinta que ele quiser.

    (#) Outros casos:

    * Eu estou de olho em bissexuais passionais, não suportaria ser traído com uma mulher
    *Gays agressivos estão excluídos, se gosta de dar ou levar porrada, vamos para um ringue e não para a cama.
    *Gays frescos na cama me incomodam
    * Não gosto de barba e bigode
    * Gays que gostam de dançar funk também me incomodam

    ResponderExcluir
  19. [1] - nível educacional;
    [2] - preferência de posição sexual;
    [3] - posição política;
    [4] - religioso ou não;
    [5] - beleza ou falta dela;
    [6] - estar fora ou dentro do armário;

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Minhas opiniões são fruto de mera especulação, pode ser que futuramente tudo mude de perspectiva, as coisas mudam tanto e tão depressa... mas no momento isto é o que imagino.
    Por ordem de importância:

    [1] – outras; - Normalmente não me dou muito bem com pessoas autoritárias ou possessivas, com certeza isto é algo que dificultaria muito as coisas.

    [2] - nível educacional; - Cara, nem precisa ser um pós doutorando, mas alguém que no mínimo tenha os atributos necessários para manter um diálogo racional com argumentos sólidos e sem apelos.

    [3] - beleza ou falta dela; - A beleza é fundamental a primeira vista, acho que existam características mais importantes, por que a beleza um dia acaba e o que fica é todo o resto, caráter, companheirismo e etc. Mas sabe como é, um rostinho bonito...

    [4] - preferência de posição sexual; - Se houver um revezamento entre a porca e o parafuso, sem crise.

    [5] - ser afeminado ou não; - Isto é uma coisa muito pessoal, particularmente prefiro tipos mais másculos, mas a gente nunca sabe, pode ser que eu venha a gostar muito de alguém assim, aliás, vejo muitos bem bonitinhos por aí, então não fecho as portas para esta possibilidade.

    [6] - religioso ou não; - Descobri recentemente que isto não é de suma relevância, desde que haja moderação de ambas as partes e que não me peça para acompanha-lo.

    [7] - posição política; - Que não seja antissemita, fascista ou de extrema direita não vejo muitos problemas.

    [8] - estar fora ou dentro do armário; - Irrelevante, desde que, fora do armário, não me queira obrigar a saltar dele também. Cada um há seu tempo. Se estiver dentro ficaremos lá, trancados juntinhos ;) e se possível, que não exagere muito na encenação.

    [9] - estado financeiro; - Secundário. É possível evoluir assim como regredir financeiramente no decorrer da vida. Acho que até prefiro um pé rapado igual a mim que divida um vinho vagabundo no gargalo em público sem constrangimentos.

    E é isso.

    Abraço,


    ResponderExcluir

#HTML10{background:#eee9dd ;}