Google+

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

aliados do pecado

    Pegando um gancho no último post, se na internet encontramos todas as informações e ajuda para os assuntos pelos quais temos vergonha de pedir por ela ou vergonha de conversar com as pessoas que conhecemos, também encontramos o exato oposto.
Dando uma viajada pelo Google, encontrei alguns sites que diziam querer ajudar homossexuais a se curar, através da palavra do Senhor.

"Se não quer ser assim, acredite, você pode e vai mudar. Você não nasceu gay, você se tornou gay. Deus ama os homossexuais, mas abomina o homossexualismo, e quer curá-los."

  Achei a premissa tão interessante que entrei em contato com o autor de um desses blogs, respeitosamente com uma pergunta: 'o que o motiva a escrever e por que esse tipo de pensamento'. A resposta foi a seguinte.

"O objetivo do blog é ajudar as pessoas que querem deixar de ser gay, se a pessoa quer ser gay, que seja, agora se a pessoa não quer ser gay ela tem o direito de encontrar ajuda. O pensamento vem das histórias de todos os homossexuais egodistônicos que tiverem algum trauma da infância, participaram de brincadeiras sexuais na infância, tem algum complexo em relação ao corpo, sofrera alguma influencia, tiveram pai distante ou não carinhoso, mãe superprotetora, etc. entre outros fatores ambientas que os levaram a sentir os desejos homossexuais. Se a pessoa deseja deixar de ser gay ela precisa identificar o que a levou a sentir isso e tratar estes fatores.
Eu agradeço o contato. Se tiver mas alguma duvida confira os posts do blog."

    Fiquei surpreso com a resposta. Geralmente, autores desse tipo de blog ignoram quem questiona o que ele faz, colocam moderação de comentários e etc. São quase fascistas. E inclusive aprendi uma nova palavra: "egoditongo" do caso reto, mas não obtive a resposta para a motivação, apenas do objetivo. 
    A questão é que, como dito e repetido no nosso blog N vezes, a ditadura da sexualidade unipolar criminaliza outras manifestações da sexualidade. Não há nada de errado em se sentir atraído pelo mesmo sexo, por que isso nos é natural (natural biologicamente, não somos nada mais que animais que tem consciência sobre si próprios, deixando de lado o debate sobre 'conceitos' naturais). E quando digo nós, não somos nós gays, mas nós humanos. 

    O errado está na nossa cabeça. Certo e errado são conceitos temporários e regionais. Em algumas culturas, é aceitável matar por honra. Na nossa, matar é errado em qualquer circunstância. Portanto, debater sobre causas de uma coisa natural é contraprodutivo. Não faz sentido refletir sobre as causas da diversidade da sexualidade, assim como não faz sentido refletir sobre as causas da fome.

    Temos fome e nos sentimos atraídos pelo mesmo sexo exclusivamente por um motivo: somos humanos.

    Por outro lado, já dizia um famoso cientista por aí que "é mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito". O autor daquele blog, que tem uma opinião divergente da minha sobre uma variedade de assuntos, tem toda sua visão do mundo e sua opinião baseada em, digamos, o que ele aprende na igreja, dados os textos que li. Portanto, quando eu me aproximo e digo para alguém 'tudo o que você sabe sobre o mundo é errado', a pessoa ou me ignora ou me responde com o mesmo: 'não, tudo o que você sabe está errado'. 

    Mas falando a língua de quem é crente, se Deus existe e se ele nos 'criou', Ele não gostaria de nos ver insatisfeitos com sua obra. Afinal de contas, quem somos nós para tentar mudar o que Ele fez? Não estaria o autor daquele blog agindo contra o que ele próprio acredita, ao tentar violar a obra de Deus como ela está?

    Por outro lado, quem lê esse blog pode olhar pra dentro e confirmar que já tentou mudar e direcionar a sua sexualidade para o lado 'correto', e falhou. Não nos cabe escolher quem nos atrai. O que podemos fazer é aceitar e viver em harmonia conosco e com o que Deus nos proporciona: um detalhe, que muda levemente o nosso jeito de amar. E Deus quer que nós amemos uns aos outros, e que nos amemos.

    
    Sei lá, falta humildade nas pessoas (em mim inclusive) para considerar outros pontos de vista, se colocar no lugar da pessoa que você critica e estar disposto a mudar de opinião. De preferência para a opinião 'correta', se é que ela existe...

abçs a todos e bom fds

134 comentários:

  1. Oi guri ... Texto claro e criativo, adorei...
    Então, NB , acredito demais em que os pré-julgamentos que fizemos sobre determinados assuntos/pessoas vem de muito tempo, como uma "cultura ruim" mascarada de boas intenções. Como estou em época de vestibular, um conteúdo que deve ser visto são as Reformas Protestantes e, cautelosamente, a Contrarreforma que a Igreja Católica instalou na sociedade "primitiva" ... Desde meu primeiro ano do ensino médio(ano que estudei a fundo a Reforma de Lutero e Contrarreforma) tento ao máximo evitar o ambiente religioso tradicional que minha família frequenta.(deixo claro que não sou ateu, apenas tenho um lado espiritual que independe e diverge de religiões tradicionais)
    E, contrariando o final deste comentário, acredito que a cultura do "povão" tende-se cada vez mais a se agregar às Igrejas, sendo elas quais forem, exclusivamente devido ao espaço oco e obscuro que cada cidadão tem dentro de si. Logo, este espaço vazio e que vai contra os valores éticos-morais é preenchido com a "palavra salvadora do falso Senhor(leia-se Padre, Bispo, Pastor, etc)
    Muitas coisas já mudaram e MUITAS ainda irão mudar, para pior ou melhor, mas, ironizando meu comentário, tenho fé de que tudo acabará bem.
    Bah, e desculpem pelo "pequeno" comentário ^^
    Abraços meus queridos e, NB, obrigado pela ajuda de hoje =P

    ResponderExcluir
  2. Cara, seus textos são ótimos. Você é extremamente profissional nessa área e, sem dúvida alguma, ajuda as pessoas que se sentem de alguma forma oprimidas. Gosto bastante de vir no teu blog e essa é a primeira vez que comento. Só queria trazer de volta uma questão que já foi discutida. Eu não vejo problemas com as fotos de nudez e entendo muito o seu pensamento quanto a isso, mas acho que seus textos deveriam ser lidos por outras pessoas. Essas fotos acabam inibindo um hetero, e eu gostaria muito de mostrar seu blog para amigos e outras pessoas. Então, mesmo sabendo que é seu direito postar o que julgar melhor, gostaria que você repensasse nisso. Seu conteúdo é muito bom para ser limitado, de certa forma.
    Parabéns pelos textos. Você deveria escrever um livro, ampliar os conceitos e ajudar tantas pessoas que precisam.

    ResponderExcluir
  3. oi senhores =) obrigado pelas opiniões
    senhor anonimo de cima, também já pensei nisso. Mas no final das contas não creio que um hétero ficaria confortável lendo um texto que o levaria a questionar a própria sexualidade, independente de haver fotos ou nao. O blog é realmente para quem sabe que é e quer ficar mais confortável consigo mesmo.
    As fotos ajudam a aumentar esse conforto e a amenizar preconceitos como, por exemplo, o de existir apenas sexo entre gays. Tento publicar fotos que passem amor, cumplicidade e a tradicional sensualidade, sem sexo.
    Se quiser fique a vontade para copiar os textos e mostra-los sem fotos =)
    um abç

    ResponderExcluir
  4. Gostei do texto N.B. Ao contrário de muitos que eu já li, em seus textos você tenta entender ambos lados da moeda e isso é bem incomum, mas não impossível de se encontrar. Às vezes fico pensando o quão sortudo eu sou de encontrar pessoas, não só com problemas selhantes aos meus, mas também que pensam de modo semelhante. Isso me reconforta muito.

    Em relação à questão das fotos, eu também já tive essa vontade de mostrar os seus textos para alguns amigos, mas seria dar muito na telha. Na minha opinião as fotos realçam o texto e nos fazem sentir mais a vontade, como o prórprio N.B. disse, ao meu humilde ver.

    E sim , já pensei em lavar esses textos, somente eles, mas ainda assim não me sinto preparado para isso.

    N.B., se você puder responder, por favor pode dizer qual a sua engenharia, é que eu tô em ano de vestibular e tô interessado nesse curso, só que em uma área específica, então a sua opinião e experiência seria de grande ajuda! ^^

    No mais. Somenste a perfeição do blog. Apenas. ^^
    Abraços e bom fds!
    OBS: POSTA MAIS!!! KKKK - Brinks.

    ResponderExcluir
  5. Cara muito bom esse blog só vi ele divulgado agora em uma comuniade no orkut! N.B vc escreve muito bem, sabe o que de verdade quer passar e faz com que as pessoas entendam... Gente muito bom saber que existem pessoas como eu que vive (no armário). N.B, agora fico pensando, tem uma enquete que vc fez (Se houvesse um tratamento que mudasse a sua orientação sexual para hétero, você o faria?) fiquei espantado com a quantidade de pessoas que responderam que mudariam, eu sei que existem pessoas que estão no armario e que nao tem intenção alguma de se assumir, + assim eu posso esta errado, tipow,será que isso é se aceitar? já que no fundo no fundo o que nós queiriamos era que as pessoas nos acitassem como ditas pessoas normais... eu queria um dia poder entender esses nossos pensamentos

    ResponderExcluir
  6. Olá, N.B., tudo bem?
    Acabei de ler o seu último post, e meu primeiro - já que eu não tinha o conhecimento desse blog anteriormente - e percebi que você acredita em Deus, provavelmente está de acordo com a sua condição sexual, mas ainda vive no armário, é isso mesmo ou estou enganado?
    Eu só tenho uma pergunta a te fazer. Já que você se mostra tão bem resolvido sexualmente aqui no blog, por que ainda viver no armário? É medo da sociedade ou é somente o seu alterego falando por você?
    Não estou querendo criar confusão, apenas esclarecer a minha dúvida. Cuide-se e até uma próxima. Se puder dar uma olhada no meu blog, ficarei agradecido.
    http://garotonobanheiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Achei o blog buscando por "homossexuais egodistônicos". Conheço esse blog aí, inclusive decidi decidi mudar apos descobri-lo, já não estava satisfeito a muito tempo. E a questão dos traumas é verdade mesmo, é tudo ambiental, cedo fui abusado, me chamaram de maricas..., meu pai bebia e nunca foi carinhoso, percebi que estava buscando nos homens um carinho de pai, por causa destas coisas virei gay. "Sentir não é opção, nas consentir é opção", diz o blog e concordo. Fiquei feliz em ver que existem muitas pessoas que querem se curar do homossexualismo e isso me animou.

    Essa enquete mostra que muitos querem se curar.
    "Se houvesse um tratamento que mudasse a sua orientação sexual para hétero, você o faria?"

    Sim 759 (48%)
    Não 596 (38%)
    Não sei 200 (12%)

    http://comodeixardeserhomossexual.blogspot.com/
    Esse blog fala sobre medicamentos que curam a pessoa do homossexualismo, tornando-a heterossexual, uma pena não ser comercializado no brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah meu caro e você ainda acreditou nessa baboseira toda que esse e outros sites parecidos dizem? Cuidado com essa ingenuidade. E nossa, pensei que a ideia do medicamento de "cura gay" que lançaram na net como piada frente a fajuta lei criada pelo depto Eduardo Campos e exaltada pelo Infeliciano não fosse aparecer no mundo real, até aí os caras piram e saem do senso mínimo da racionalidade kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  8. Bom, pelo visto esse recanto foi "descoberto"... rs* É querido N.B., vc tá com problemas! shaushah

    Bom, respondendo ao Alfredo Pontes e consequentemente ao anônimo que perguntou sobre a enquete: eu sou gay, assumido e muito bem comigo mesmo, e ainda sim eu respondi que sim, faria o tratamento, mas a pergunta é puramente levando em consideração se fosse realmente tratável! O N.B. supõe que SE a homossexualidade realmente fosse uma coisa a ser tratada quem faria o tratamento, e claro que sendo uma coisa tratável, não é uma coisa que se gostaria de manter, dado o nível de stress e problemas q nos traz... Mas como não é, continuo um gay feliz...

    @Anônimo
    O N.B. é Ateu... ^.^

    @Alfredo Pontes
    "Esse blog fala sobre medicamentos que curam a pessoa do homossexualismo, tornando-a heterossexual, uma pena não ser comercializado no brasil."

    É pra rir, né...

    ResponderExcluir
  9. Mas tem tratamento sim, a própria Classificação Internacional de Doenças recomenda tratamento pra quem quer mudar.

    F66.1 Orientação sexual egodistônica
    "Não existe dúvida quanto a identidade ou a preferência sexual (hétero, homo, bissexual ou pré-púbere) mas o sujeito desejaria que isto ocorresse de outra forma devido a transtornos psicológicos ou de comportamento associados a esta identidade ou a esta preferência e PODE BUSCAR TRATAMENTO PARA ALTERÁ-LA"

    Ninguém nasce gay não, o homossexualismo é causado sempre por fatores ambientais e por isso tem como mudar.

    ResponderExcluir
  10. Ola Senhores, obrigado pelas opiniões.
    Senhor Alfredo, a egodistonidade em gays é puramente causada pela divergencia do que o indivíduo é esperado como pessoa e do que ele consegue ser. Isso cria um conflito e rejeição da própria condição. A culpa não é causada pelo reconhecimento de que os próprios atos estão errados, é causada pela dificuldade da convenção social em atualizar seus conceitos.
    O resultado da enquete exibe exatamente a frustração de quem é consciente da própria sexualidade diversa e está cansado de ser considerado 'algo a ser mudado' ou escondido, exatamente pelo atraso das pessoas em reconhecer o óbvio: não existe nada a ser mudado. Não é possível mudar. O que tem que ser mudado é o pensamento de que há algo a ser mudado.
    A questão é, sendo a diversidade da sexualidade uma coisa natural (vide texto 'escolhendo ser gay'), não faz sentido algum em buscar tratamentos. Estes são charlatões em busca de lucro ou palanque para promoção de ideias arcaicas para controle.
    Divagando um pouco...
    "Diga-os que não gostar exclusivamente de mulher é errado e é curável. Diga-os que você detém o poder para curá-los. Pois virão eles sob teu controle."

    Ninguém nasce 'hétero-sexual', inclusive. A sexualidade unipolar é causada por fatores ambientais e é passível de tratamento.

    O melhor tratamento? Estudo e informação.
    um abç.

    ResponderExcluir
  11. Isso é verdade ninguém nasce gay ou hétero, a sexualidade é construída pelos fatores ambientais e é mutável. Não importa o motivo a Classificação Internacional de Doenças aconselha tratamento para quem quer deixar de ser gay.

    ResponderExcluir
  12. O motivo é sempre importante para termos um melhor entendimento de qualquer assunto. Não creio que o senhor seja o porta voz da CID, portanto gostaria de saber das fontes dessa suposta classificação para então considerar uma discussão. Palavras sem referência da fonte são nada mais do que rumores, ainda mais quando se trata de uma organização internacional que 'recomenda' o tratamento.

    Pelo que eu pesquisei, homossexualidade não está classificada como nenhum tipo de disfunção sexual psicológica pela CID, o senhor pode conferir abaixo.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Sexual_disorder#Psychological_sexual_disorders

    Talvez o senhor confundiu com transsexualidade, que não está no escopo desse blog, dada a complexidade do assunto. Mas o senhor provavelmente sabe que transsexualidade é diferente de homossexualidade.
    um abç

    ResponderExcluir
  13. http://apps.who.int/classifications/apps/icd/icd10online/?gf60.htm+f661

    http://pt.wikipedia.org/wiki/CID-10_Cap%C3%ADtulo_V:_Transtornos_mentais_e_comportamentais#.28F60-F69.29_Distor.C3.A7.C3.B5es_da_personalidade_e_do_comportamento_adulto
    (F66.1)

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Orienta%C3%A7%C3%A3o_sexual_egodist%C3%B4nica

    ResponderExcluir
  14. O senhor entende que o transtorno é a egodistonidade da orientação sexual, e não a orientação em si?
    A CID diz o seguinte sobre esse transtorno, pelo seu 1o link:

    "A preferência sexual não é uma dúvida mas o indivíduo gostaria que fosse diferente por transtornos comportamentais e psicológicos associados à preferência e pode procurar tratamento para mudá-las."

    Creio ter o senhor interpretado errado pois a CID apenas descreve o comportamento de quem sofre do transtorno, mas não recomenda (nem aconselha) em momento algum o tratamento, pois não existe. Apenas relata que alguns indivíduos podem procurar pela suposta 'cura'.

    "O consenso, já de longa data, dos profissionais das ciências comportamentais e sociais, de saúde e saúde mental é de que a homossexualidade, per se, é uma variação normal e positiva da orientação sexual humana. Pesquisas falharam consistentemente em prover qualquer base empírica ou científica de considerar a homossexualidade como transtorno ou anormalidade". Vide site da sociedade americana de psicologia, referencia do seu segundo link.
    http://www.apa.org/about/governance/council/policy/sexual-orientation.aspx

    Em outras palavras, egodistônicos sofrem de depressão causada justamente pelo retardamento social em se libertar de preconceitos, tornando os pobres indivíduos em apenas mais uma das vítimas do pensamento popular (não necessariamente sensato) e de sites como o seu.

    ResponderExcluir
  15. Mas eu não tenho site nenhum; O homossexualismo é doença, mas por pressão do gayzismo, a OMS fez uma votação e por 8% de vantagem deixou de ser doença, isso o autor Gerard Van Den Aardeweg, que realiza a mais de 30 anos terapia de cura com homossexuais, explica, segundo ele os homossexuais sofrem de infantilismo psíquico e por isso se impõem de todas as formas para serem considerados normais (livro, 'A Batalha pela Normalidade Sexual e Homossexualismo'). A classificação internacional de doenças, que é publicada pela OMS, em F66.1 fala sobre a (des)orientação sexual egodistônica e diz que a pessoa pode buscar tratamento para alterar sua (des)orientação sexual. Ou seja isso deixa claro que o homossexualismo tem cura e que é algo que se pode mudar com tratamento psicológico, até por que não é genético e nem biológico, é completamente psicológico e causado por algum tipo de trauma, abuso sexual, pai que não é presente e não demonstra carinho pelo filho, a pessoa se achar feia comparada a outros homens, achar que tem pênis pequeno e uma série de outros fatores.

    ResponderExcluir
  16. "pai que não é presente e não demonstra carinho pelo filho, a pessoa se achar feia comparada a outros homens, achar que tem pênis pequeno e uma série de outros fatores." Então o mundo é homossexual e ainda não achei meu par.

    ResponderExcluir
  17. Nem todos os estuprados, feios e sem pai viram gays, mas todos os gays tem algum fator ambiental que o fez virar.

    ResponderExcluir
  18. Discordo Alfredo, pois, apesar da maioria dos relatos serem desse tipo, de gays que
    'atribuem', ou é constatado que eles 'adquiriram' essa condição, não podemos de maneira ALGUMA generalizar. Mesmo que todos os gays do mundo se dissessem vítimas desses casos de abuso e falta de amor parternal, ainda existiriam pessoas com esses mesmos problemas e que não são homossexuais.

    Penso que se você acha que é uma doença e que é 'curável', ótimo. Mas, não é um fato, é apenas a sua concepção. E, além disso, você não acha que existem pessoas que já tentaram e não conseguiram? Como uma professora de Biologia minha já disse em sala de aula,eu digo aqui:

    "Você acha que ser homossexual é uma opção? Eu não acho, pois eu não optaria por ser humilhado por uma grande parte sociedade por toda minha vida, por isso, em minha opinião, ser homossexual é uma condição e não uma escolha. Além disso, NÃO foi comprovado a existência de qualquer patologia genética ou biológica que cause essa condição."

    Portanto, pode ser que em alguns casos isso tenha mesmo advindo de problemas pisológicos, mas nem todos são assim.

    Abraços.
    E N.B., você ainda declarou se vai ou não dizer qual seu curso... xD
    Flw.

    ResponderExcluir
  19. Alfredo Pontes, "Nem todos os estuprados, feios e sem pai viram gays, mas todos os gays tem algum fator ambiental que o fez virar."
    ---
    Então Alfredo, se eu te disser que fui abusado sexualmente por uma mulher, então, eu , segundo sua afirmação, teria maior probabilidade de ser heterossexual devido a fatores bióticos, Certo?

    ResponderExcluir
  20. Não, você ficou com medo de mulher por causa disso e passou a olhar para os homens.

    ResponderExcluir
  21. Ninguém escolhe ser gay, mas também ninguém nasce gay!

    ResponderExcluir
  22. Nada contra a opinião do Alfredo Pontes, aqui mesmo nós discutimos sobre a complexidade da sexualidade. Mas eu nunca fui abusado, nem nada do que ele falou, mas mesmo assim sou gay.

    ResponderExcluir
  23. hááá!!!!!
    Não, você ficou com medo de mulher por causa disso e passou a olhar para os homens.
    ---
    Tua teoria cai por água, neste momento, porque tive moléstias tanto por parte de H(primo) quando de M(prima) ...
    Eu deveria ser assexuado então ? Ou vais me dizer que a relação com o meu primo foi menos traumática?

    ResponderExcluir
  24. Quem iria confirmar, né. Não só eu, muitos passaram por algumas destas coisas.

    ResponderExcluir
  25. Você virou gay justamente por estes molestos, no caso da mulher você ficou com medo delas, e homens você passou a se sentir inferior como homem, por ter sido molestado por um e passou a olhar mais pra eles.

    ResponderExcluir
  26. E vc, Alfred? O que te levou a 'virar' gay?
    (a)Abuso infantil
    (b)Pinto pequeno
    (c)Falta de figura masculina
    (d)Sem vergonhismo, falta de jesus no coração, baixa auto estima, etc etc...
    (e)Todas anteriores

    Trollagem a parte, o fato é que o homossexual-ismo não é mais tratada como doença pela comunidade científica e devemos agir como tal. Existe consenso por lá e não cabe a nós, leigos, discutir se é ou não doença.

    Mas quem vem ao blog chamar o movimento pelos direitos humanos de 'pressão do gayzismo' não merece muita atenção. Em alguns países (atrasados, claro), o homossexual-"ismo" é crime e quem critica os direitos humanos dessa forma me parece inclinado a simpatizar com o pensamento facista desses lugares.

    Se, num mundo imaginário for uma doença, é teu direito se 'curar' mas não te cabe enfiar a cura guela abaixo de quem não vê isso como uma doença. Eu ainda não entendo porque as pessoas ficam tão incomodadas com a existência do homossexual-"ismo" se não afeta a vida delas de maneira alguma.

    A escolha de evitar a sua natureza tentando se curar é sua. Só tenha maturidade para não se arrepender caso falhar, o que é certo.

    ResponderExcluir
  27. ... Eu passei a me sentir inferior como homem e tenho medo de mulher? Como assim?? Explique-se melhor porque, senão, eu não compreendi a base da argumentação.

    ResponderExcluir
  28. (a)Abuso infantil
    (c)Falta de figura masculina

    E você o que te vez virar gay?

    Naquele blog o autor postou uma lista completa e detalhada:
    http://eunaoquerosergay.blogspot.com/2011/05/nao-quero-ser-gay-como-vencer-o.html

    ResponderExcluir
  29. Anônimo, leia de novo se não entender, eu te entendo!

    ResponderExcluir
  30. Brincadeiras sexuais na infância são um estágio natural do desenvolvimento sexual, desde que a diferença de idades não seja grande, Alfred. Quem não passa por ele tem problemas sexuais no futuro. Exatamente quem não passa.

    Cada estágio do desenvolvimento psicossexual não pode existir se o primeiro não for completado.
    Então, para ter uma vida sexual 'normal', as brincadeiras sexuais na infância tem que acontecer.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Psychosexual_development#Phallic_stage

    Sigmund Freud disse isso. Sério, fiquem a vontade para relacionar suas brincadeiras de criança com traços da personalidade. É tão polêmico quanto mamilos.

    Falta de figura masculina, então, significaria que todos os filhos de pais separados se tornam gay.

    Eu não fui abusado, tenho uma ótima relação com meu pai, meu pinto é enorme mas só não tenho jesus no coração. Não fico procurando motivos aleatórios para explicar por que sou assim, sei que é natural e aceito. Mas se culpar seu pai ou qualquer abuso que sofreste te é mais fácil, que assim seja. Talvez aquela vez que você viu um homem sem camisa na televisão também tenha influenciado?

    E por favor, sem spam.

    ResponderExcluir
  31. não resisti e cliquei no spam. e mais uma vez, jesus apareceu para nos curar do homossexual-"ismo".

    maldita liberdade de expressão. rsrs

    ResponderExcluir
  32. spam ou censura?

    Não é regra, "Nem todos os estuprados, feios e sem pai viram gays, mas todos os gays tem algum fator ambiental que o fez virar." PONTES, Alfredo.

    ResponderExcluir
  33. censura é o que aquele blog faz ao moderar os comentários ;D

    spam é o que vc faz ao promove-lo, aqui.

    ResponderExcluir
  34. Então Alfredo, eu respeito sua argumentação.
    Mas a homossexualidade não é doença e, por isso, não tem tratamento.
    Bom, vamos lá: No meio ambiente temos dois tipos de fatores: os bióticos e os abióticos. Os dois interferem bruscamente na vida de qualquer ser vivo(OK).
    Quando ocorre uma superposição, só há três caminhos possíveis: A extinção, a expulsão e a adaptação. Segundo você os gays seriam nada mais que pessoas traumatizadas na infância e, portanto, teriam usado uma forma de adaptação sobrepondo o fator biótico(meio).
    Se você estudar história e até mesmo a biologia, verá que a homossexualidade(e nao "ismo" como vc se refere, pois o sufixo "ismo" é para doença) vêem desde os tempos antigos e ocorre até com animais. Por ora, como animais, que não tem um raciocínio lógico como os seres humanos têm esta "doença" que você diz??

    ResponderExcluir
  35. Não estou aqui pra divulgar blog e sim o conteúdo.
    Você mesmo o está divulgando aqui.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  36. Alfredo, você não sente tesão quando vê estes homens pelados?

    ResponderExcluir
  37. Sinto sim, mas como não quero ser gay, renego isso. Antes que me chame de enrustido, o é quem pratica e não assume, é diferente do homossexualismo egodistônico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alfredo meu caro, de você eu só posso sentir nada mais do que pena...e que pena ter que ser assim, a vida é tão boa para ficar complicando.

      Excluir
  38. Apenas usei a descrição de um deles para ilustrar os absurdos de que eu falava no texto, mas não direcionei link nem título. Isso não é divulgação, além de este não ser o único blog que fala de curar o homossexual-"ismo".
    O primeiro e o segundo blogs que vc linkou são amiguinhos no blogger. Suspeito.

    Então, vc se sente atraído por homens, procure um psicólogo. Que não seja o psicólogo da igreja pelo menos, ouça uma opinião diferente da que vc ta acostumado, de um especialista.

    Ou continue rezando e esperando a cura... esperando... esperando... roinczzzzzzzzz

    ResponderExcluir
  39. Alfredo, se nao gosta do seu jeito de ser e considera isto uma "doença", pq ao inves de ler um blog que te traga a "cura para a salvação eterna-amém", vc lê este que tenta lhe ensinar a te aceitar como vc é de verdade???

    >>>>>N.B. blog simplesmente fantástico, sempre que preciso de umas palavra de conforto venho aki para relaxar e refletir..... =)

    ResponderExcluir
  40. Peço desculpas, mas vou me estender um pouco.

    NB, de vez em quando passo por aqui pra acompanhar teus posts e acho alguns (maioria) bastante interessantes.

    Este texto remete a um ponto interessante em que a bíblia e a Igreja Católica [Apostólica Romana], até onde cheguei a conhecer, ensina três pontos interessantes:

    1. Não podemos julgar ninguém sob nenhum aspecto, pois isso só cabe ao Senhor;
    2. Devemos amar e respeitar uns aos outros da mesma maneira (todos nós somos iguais perante a Ele);
    3. As pessoas têm direito ao livre arbítrio e ninguém deve se levantar (se impor) em nome do Senhor;
    4. Dentre outras coisas (...).

    No entanto, quando o assunto é homossexualidade (mas não apenas) todos querem se levantar e falar que é errado, que Ele não gosta [e por aí vai]. E o que seria isso se não o oposto do 1º e 3º ensinamentos que listei? Sem contar aqueles que sequer tocam no assunto, pois ao contrário do que diz o 2º ensinamento, para eles os homossexuais são aberrações que precisam ser inibidas.

    As pessoas [como o rapaz do blog que você citou] parecem não se dar conta de que estão fazendo julgamento e interferindo na liberdade do próximo. E se forem dizer que estou equivocado, apresentem um argumento plausível para me convencer.

    Atualmente não sou praticante de nenhuma religião e me afastei da Igreja há alguns anos por discordar de práticas como essa.

    No período que passei na Igreja, eu negava minhas emoções e evitava qualquer atitude que pudesse ser considerada como prática homossexual – semelhante ao Alfredo Pontes. Resultado: eu me sentia preso em mim mesmo, infeliz e estava me tornando antissocial. Há cerca de três anos assumi para mim mesmo que sou assim e não tenho porque querer mudar e, embora ainda não tenha declarado minha orientação sexual "publicamente", me sinto bem melhor.

    Uma dica ao Alfredo: não adianta querer negar a sua natureza. Você só vai se sentir mal por ser você mesmo.

    ResponderExcluir
  41. Natureza? Mas eu não nasci gay, ninguém nasce gay, isso é causado por fatores ambientais por isso tem cura.

    Bíblia? Vamos falar dela!

    "Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, NEM OS EFEMINADOS, NEM OS SODOMITAS, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores HERDARÃO O REINO DE DEUS. E É O QUE ALGUNS TÊM SIDO; MAS HAVEIS SIDO LAVADOS, MAS HAVEIS SIDO SANTIFICADOS, MAS HAVEIS SIDO JUSTIFICADOS SEM NOME DO SENHOR JESUS E PELO ESPÍRITO DO NOSSO DEUS.
    Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma. Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos; Deus, porém, aniquilará tanto um como os outros. Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo. Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder. Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo. Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.
    Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito. Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo. Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
    Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus."
    1 Coríntios 6:9-20

    ResponderExcluir
  42. Oi Johnnie, obrigado pelos esclarecimentos.

    O comportamento homossexual é natural e é encontrado em animais, Alfred. Quer mais natural que isso? Um comportamento sem as rédeas da razão ou culpa. E é isso que somos: nada mais que animais.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Homosexual_behavior_in_animals

    Oh, espera. De acordo com você então esses animais foram abusados sexualmente na infância? Ou não tiveram uma figura parterna?

    E então jesus aparece de novo para nos salvar e nos julgar... você realmente quer basear seus argumentos na bíblia?

    Vamos nos ater ao real e científico, e não a livros fantasiosos que incitam o ódio pois poderia, eu, aqui falar que o verdadeiro deus escreveu uma bíblia em que ele diz que homossexuais herdarão o céu, e não os que tentam mudar.

    Entende? Deus é subjetivo e não deve ser discutido.

    ResponderExcluir
  43. O canibalismo também é natural no reino dos ANIMAIS IRRACIONAIS.

    Leia o artigo: "O mito do homossexualismo em animais irracionais" , naquele blog...

    Ninguém nasce gay, ninguém nasce hétero, se nasce assexuado e predestinado a ser heterossexual, vai depender das influencias.

    ResponderExcluir
  44. Se houvesse um tratamento que mudasse a sua orientação sexual para hétero, você o faria?

    Sim 781 (49%)
    Não 607 (38%)
    Não sei 205 (12%)

    Quase metade do blog faria tratamento para se curar...

    ResponderExcluir
  45. E porque o canibalismo não deveria ser praticado? Se um membro do grupo morrer, nada mais natural do que dar utilidade ao corpo e alimentar os vivos. Humanos tem o privilégio de desfrutar de comida farta mas na necessidade o canibalismo é praticado para preservar a vida: vide acidente de avião no Chile em 1972.

    E, de novo, a causa de quem respondeu 'sim' é evitar as dificuldades da vida como gay proveniente do pensamento de massa de que isso é errado e consequente preconceito.

    Porque o hétero é o correto? Se somos racionais, também não poderíamos desviar da necessidade de reprodução, assim como desviamos da prática do canibalismo?

    ResponderExcluir
  46. bom NB gato tu sabes que sou teu fã rapaz adoro esse blog mega inteligente morro de inveja meu blog niquem posta kkkk mas tem acessos mas é outro assunto cara não vivo sem seu blog abrçosssss

    ResponderExcluir
  47. Quem respondeu sim é porque quer ser normal.
    O normal é ser hétero pois somente em relações heterossexuais se consegue gerar vida. Ah mas nem sempre os héteros fazem sexo pra gerar vida. Verdade, mas quando querer fazer um filho é só tirar a camisinha. É possível gerar filho jogando sêmen no intestino? Não! É possível gerar filho esfregando úteros? Não! É preciso buscar alternativas anti-naturais. Então o homossexualismo não é normal, não é natural, é um engano, é um distúrbio psicológico, um desvio e por não ter nada a ver com a biologia é mutável.

    Já que o homossexualismo é "genético", se um gay transar com uma sapatão, é certeza que a criança nasce gay também né, pois ela vai ter genes gay, correto?

    ResponderExcluir
  48. Então, de acordo com você, casais inférteis que recorrem a fertilização assistida são "anti-naturais"... interessante.

    Eles responderam 'sim' não porque querem ser normais mas porque querem evitar o preconceito de quem diz que não é normal. É tão normal que as sociedades de psiquiatria e psicologia consentem ser o homossexual-"ismo" um comportamento (veja bem, comportamento, e não característica genética) natural e positivo. Não creio que temos cacife para contestar as autoridades especialistas de comportamento humano...

    ResponderExcluir
  49. Os métodos continuam sendo anti-naturais, gay ou hétero, mas hétero é um casal natural e gay não...

    Me diz, já que o homossexualismo é "genético", se um gay transar com uma sapatão, é certeza que a criança nasce gay também né, pois ela vai ter genes gay, correto?

    ResponderExcluir
  50. Exatamente porque o gay não é um casal natural e o hétero é, se pela sua classificação, casais que usam métodos anti-naturais não são naturais?

    "O normal é ser hétero pois somente em relações heterossexuais se consegue gerar vida."

    Eles não conseguem gerar a vida, então, comofas? Inclusive em casais que não querem ter filhos, apenas a reprodução justifica sua definição de 'natural'?

    O blog não defende que o homossexual-"ismo" é genético, apenas que é um comportamento normal e natural.

    ResponderExcluir
  51. É uma problema na biologia, mas eles continuam sendo normais, sendo um casal normal, pois são héteros. Héteros férteis ou inférteis não normais, gays férteis ou inferes não o são.

    Então da onde vem o homossexualismo? O que o causa?

    ResponderExcluir
  52. Bom Alfredo, apesar de você não ter me respondido o porque da homossexualidade ocorrer com animais,sendo que eles são seres irracionais, vamos ao foco:
    Como eu lhe disse, quando ocorre uma superposição haverá apenas três caminhos: a extinção, a expulsão ou a adaptação. Mas é incontestável de que, por natureza, somos racionais e tal fato comprova de que a homossexualidade não é problema(seguindo a regra da superposição)porque o "natural" nada mais é que o repetido. E volto a dizer, a homossexualidade vem desde os períodos paleolíticos, tanto em seres racionais quanto irracionais.
    -
    Então Alfredo, um homossexual que se firma com o sexo oposto e tem filhos entra em sua regra(naturalidade)? ...Mas não seria uma falsa-naturalidade?
    --
    Sobre a enquete:
    "Eles responderam 'sim' não porque querem ser normais mas porque querem evitar o preconceito de quem diz que não é normal."
    É exatamente isso que o NB disse. Sou a prova.

    ResponderExcluir
  53. Poxa, cansei de discutir com esse cara. Se você acredita nisso tudo bem, se tem pessoas que acreditam nos mesmos preceitos que você tudo bem, mas não tente nos fazer crentes forçadamente.

    Os fatos científicos são provados, reais e a bíblia é algo muito sujetivo. Se fossemos continuar a viver sob os preceitos religiosos não estaríamos em uma sociedade como a de hoje. Lembre-se a igreja é um caminho pra as pessoas que buscam um sentido na vida... Mas ela nem sempre respeitou a todos. Idade Média, lembra??

    Deus é algo muito subjetivo, existe até uma confusão na lingua portuguesa para classificá-lo como substantivo concreto ou abstrato...Mas deixando isso de lado, só podemos conviver, por que, pelo o que vejo a sua opinião não vai ser mudada tão cedo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  54. Acho que você entrou num loop infinito. Se para ser um casal normal é preciso gerar filhos, então os gays não são, mas você abre uma exceção para os héteros inférteis. Se você diz que gays são anormais por esse motivo, então o que exatamente é o que classifica a anormalidade, se o motivo de não gerar filhos não se aplica a casais inférteis? Uma definição não deveria ser geral?

    Ou definir o que é natural se aplica somente aos casais que te é conveniente chamar de anormal?

    O homossexual-"ismo" existe porque somos humanos e somos excitados por diversas fontes, inclusive nosso próprio sexo. Não existe motivo aleatório que causa, você nasce susceptível a se sentir atraído pelo mesmo sexo, e pelo outro também.

    A convenção social (enraizada na religião, como seu blog) convenciona direcionar o desejo para o lado reprodutivo. Homossexual-"ismo" não existe, nem o heterossexual-"ismo". É tudo fruto das definições das gerações anteriores. O que existe é excitação sexual e ela pode vir de homens, mulheres, pés, árvores, etc...

    ResponderExcluir
  55. O natural é homem e mulher, homem com homem e mulher com mulher não é.

    Anônimo me responde, já que o homossexualismo é "genético", se um gay transar com uma sapatão, é certeza que a criança nasce gay também né, pois ela vai ter genes gay, correto?

    ResponderExcluir
  56. Então todo mundo é bissexual? Você gosta de mulher?

    ResponderExcluir
  57. Se você está dizendo que o homossexual-"ismo é genético, então não tem como mudar. Se for comportamental, já é esperado pelas autoridades que eu mencionei e é considerado normal e positivo. Mas aonde você quer chegar com essa pergunta?

    ResponderExcluir
  58. Bissexual-"ismo" entra na mesma classificação de hetero e homo que eu disse que não existe. Pessoas normais são MULTI-sexuais. Eu me excito com mulheres sim, mas não atenhamo-nos a casos isolados.

    ResponderExcluir
  59. Se é comportamental então tem como mudar, porque debocha daquele blog que só quer ajudar os homossexuais egodistônicos que querer se curar?

    ResponderExcluir
  60. E você não respondeu sobre a classificação de anormalidade e sua conveniência. Por que se aplica somente a casais gays, mesmo que existam héteros inférteis?

    ResponderExcluir
  61. Você então é 50% / 50%?

    ResponderExcluir
  62. Porque homem com homem não é normal, nem mulher com mulher. Homem e mulher sim é normal e natural.

    ResponderExcluir
  63. Suponhamos que seja possível mudar, pra que mudar se é um comportamento natural? Ah, claro, para não ter mais que enfrentar os preconceitos da sociedade e deixar o mesmo pensamento governar... por décadas por vir...

    ResponderExcluir
  64. Eu quero deixar de ser gay porque isso não é normal nem natural, eu fui estuprado por isso virei gay. Eu quero ser normal.

    ResponderExcluir
  65. O gayzismo quer fazer a sociedade engolir que isso é normal, mas o homossexualismo não é normal, é uma doença e precisa de tratamento.

    Livros como: A Batalha pela Normalidade Sexual e Homossexualismo e Homossexualidade e Esperança falam como se dá a terapia de cura.

    ResponderExcluir
  66. Não jogue a culpa no seu estupro, não existe motivo que leva alguém a ser gay. Na verdade, como eu disse, não existe gay. Você se sente atraído por homens porque vc é humano (pela 1000a vez rsrs).

    Mas se vc se sente melhor tentando mudar, boa sorte... Venha nos contar daqui a uns anos se tem feito efeito.

    Mas lembre-se que se você chegar aos 50 e ver que não tem como, não tem como voltar no tempo e vc vai ter trocado sua juventude com um namorado lindo que te ama por uma vida certa de frustrações.

    ResponderExcluir
  67. O homossexualismo é causado por um mal desenvolvimento sexual.

    ResponderExcluir
  68. Eu prefiro morrer virgem do que praticar o homossexualismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKK ALFREDO, ABRA SUA MENTE, ACEITE A HOMOSSEXUALIDADE COMO ALGO NATURAL, É TÃO SIMPLES. ACEITE OS FATOS, NÃO REJEITE SUA NATUREZA. SE VOCÊ REALMENTE CONSEGUIR "SE CURAR", VENHA NOS CONTAR POR FAVOR, UMA VEZ QUE A HOMOSSEXUALIDE NÃO É DOENÇA. ABÇS.

      Excluir
  69. Gayzismo... acho que vc ta chamando pro fim da discussão =)

    Especialistas em comportamento humano dizem que é normal. Como lidar?

    ResponderExcluir
  70. Que assim seja huaisiahusaiuhssa

    ResponderExcluir
  71. Uhum, senta lá Cláudia.

    ResponderExcluir
  72. Gayzismo é a ditadura gay. É a ditadura que quer obrigar a sociedade a aceitar o homossexualismo como normal, quando não o é.

    Esses "especialistas" são todos comprados pelo gayzismo...

    Conheça o especialista Gerard Van Den Aardweg, ao menos conheça!

    ResponderExcluir
  73. vou pesquisar, Alfred.
    Obrigado pela sugestão.

    ResponderExcluir
  74. alfredo eu até queria deixar de ser gay mas será que tem como mesmo? como se faz?

    ResponderExcluir
  75. PUTZ! KKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  76. Voltamos a estaca ZERO .
    =
    Também cansei ... bah que coisa ...
    E Alfredo, seja como quiser ser, mas não seja infeliz... espero mesmo que tu consiga se curar dessa doença que te deixa com essa argumentação fechada. Seja feliz ;)

    ResponderExcluir
  77. eu tenho acesso à cidade de quem comenta no blog pelo google analytics...

    Engraçado como os o Alfredo e o anonimo que quer ser curado são de Maringá. huaihsuiahsuauia
    que dó, que dó =(

    ResponderExcluir
  78. O dia mais feliz da minha vida será quando me curar desta maldita doença e virar hétero.

    E ao outro anônimo, primeiro descubra qual fator ambiental que fez você virar gay, isso já é o começo.

    ResponderExcluir
  79. AAAAAAHEUAHEAIUHEUIAHEUAIEHAIUEHIUAE
    EPIC FAIL :d

    ResponderExcluir
  80. Fail pra você, que eu sou do Rio.

    ResponderExcluir
  81. EPIC FAIL :d +1
    Totally

    ResponderExcluir
  82. Fail pra você que sou do Rio.

    ResponderExcluir
  83. Pior que sou, conhece Teresópolis?

    ResponderExcluir
  84. Uhum, senta lá Alfredo.

    ResponderExcluir
  85. Eu confesso que o anônimo sou eu, mas isso tá errado, eu morro do Rio.

    ResponderExcluir
  86. Pobrwe de mim pensando que fosse uma pessoa diferente. xD
    Ingenuidade.

    ResponderExcluir
  87. Será que ainda estamos mentindo?

    ResponderExcluir
  88. só uma coisa, Afredo. Quantos anos vc tem?

    ResponderExcluir
  89. Heeeey Alfredo ! Não perca tempo ! Cada segundo é precioso para essa enfermidade que te atormenta!!!
    Vá meu filho, vá buscar a cura!!
    bzos

    ResponderExcluir
  90. Alfredo, seu pau fica duro quando você vê as fotos acima?

    ResponderExcluir
  91. N.B. Gostaria de te parabenizar por esse blog, já faz um tempinho que leio seus posts, mas nunca tinha comentado.
    Me identifico muito com grande parte do que vc pensa e escreve, acho que por eu viver na mesma situação que a sua, apesar de ser um pouco mais velho que vc.
    Gostaria de poder conversar com vc por msn, pra podermos trocar uma ideia. Teria como vc me passar? Abraço.

    ResponderExcluir
  92. N.B. Gostaria de te parabenizar por esse blog, já faz um tempinho que leio seus posts, mas nunca tinha comentado.
    Me identifico muito com grande parte do que vc pensa e escreve, acho que por eu viver na mesma situação que a sua, apesar de ser um pouco mais velho que vc.
    Gostaria de poder conversar com vc por msn, pra podermos trocar uma ideia. Teria como vc me passar? Abraço.

    ResponderExcluir
  93. Você escreve muito bem, expressa sua idéias de maneira clara e formal, parabéns! Incrivelmente, essas são características de quem cursa faculdade de humanas, não de exatas...
    hahaha
    Abraço

    ResponderExcluir
  94. haha, obrigado! mas sou da exatas mesmo, é minha paixão =) acho que tenho um pé na letras, parece.

    E duck, entre em contato comigo por email. Está no meu perfil.
    Um abç.

    ResponderExcluir
  95. Oi NB quero te parabenizar pelo blog, venho já acompanhando a algum tempo, mas creio esse ser meu primeiro comentário.

    Vc se equivocou quando utilizou o termo "espírita"! Pois espírita são as pessoas que seguem a Doutrina Espírita ou Espiritismo, como você quiser. Creio que vc quis dizer espiritualistas, que é o termo usado para identificar pessoas das religiões que acreditam em espírito, vida após a morte, como hindus e budistas!

    Até porque os espíritas não acham que os "gays" sejam "espíritos elevados", mas sim espíritos que estão resgatando ações de vidas passadas, assim todas as pessoas encarnadas no planeta Terra!

    Sou gay e espírita, qualquer duvida em relação a isso pode perguntar!

    Bjinhos!

    ResponderExcluir
  96. N.B., sei que não é sua política, mas não tem como barrar ese cara não? É óbvio que ele não tá querendo acrescentar e nada aqui, só quer trollar e pregar! Expulsa ele...

    ResponderExcluir
  97. Bom, como todos, eu NASCI gay. Desde criança já tive atração por outros meninos. E não, meu pai não era ausente, nem nada disso. A homossexualidade é biológica e pode se manifestar cedo - como foi o meu caso -, ou um pouco tardiamente, como disse Alfredo equivocadamente ao afirmar que 'se tornou' gay.

    Foi bastante interessante retomarem a discussão em torno da enquete. Eu votei que faria o tratamento, se existisse algo do tipo. A razão é simples: que tipo de pessoa prefere viver escondendo sua vida pessoal, inventando milhares de desculpas, correndo o risco de desafortunadamente apanhar de homofóbicos?

    Outro texto ótimo NB, keep up the good work.

    ResponderExcluir
  98. Brother...

    Não vou postar sobre o artigo em questão, e sim sobre o blog todo...

    Para tu ter ideia tenho que trabalhar amanhã as 6 da manhã mas comecei a ler seus artigos e não consegui parar, o conteudo é excelente.

    Notei que você é bem discrente com o amor, mas sei la, apesar de nunca ter tido coragem de sair com nenhum homem, sempre acreditei que é sim possivel uma relação que não seja baseada somente em sexo entre 2 homens, o dificil é ter a sorte de encontrar alguem que pense do mesmo modo.

    Alias, o romantismo é algo em falta no homosexuais, desde que tentei me aceitar mais, tento achar alguem nos bate papos, mas não para um "fast sex" e sim para conversar, e talvez até desenrolar algo.

    Tenho 21 anos e passo por algo parecido com você, mudei para uma cidade grande (SP) porém não para estudar, e sim por uma promoção no trabalho, e até pensei que conseguiria desenvolver esse lado que sempre tentei mudar, mas apesar de saber que isso é imudavel(tenho certeza que isso não existe, mas a essa hora não pensei em nenhuma palavra) não tenho coragem de aceitar, acho que você ainda está melhor que eu, pois pelo menos teve encontros...
    Para tu ter ideia essa é a primeira vez que consigo escrever sobre o assunto, alguma vez foi tão dificil assim para você ??

    É algo que parece não ter solução...

    Enfim... parabéns pelo blog, você está fazendo um ótimo trabalho !!!

    Continue trabalhando duro !!

    ResponderExcluir
  99. Mello, parabéns! Vc não está sozinho, e admitir pra si mesmo já é um grande passo... N.B. criou esse blog, acho eu, justamente pra amparar um pouco quem se sente desamparado por conta de sua sexualidade, mas ainda não se assumiu... Confesso que em tese eu não precisaria estar aqui pois já sou assumido e independente, mas os textos me fazem refletir e até já mudei alguns pensamentos meus, lendo aqui! Enfim, sinta-se à vontade pra conversar com a gente, tirar dúvidas, usar um ombro amigo pra desabafar... Estamos TODOS JUNTOS NESSA!!! meu msn: maverick.dom@hotmail.com

    ResponderExcluir
  100. poderia ser criado um group no msn e disponibilizado na home ou no perfil do N.B... assim a autopromoção nao afetaria o blog ;)
    ps: nada contra quem manda msn pelo blog, mas às vezes acho que tem segundas intenções ...(acho)

    ResponderExcluir
  101. /\ Bom, se isso foi pra mim, saiba que eu moro bem longe do Mello (ele é de Sampa e eu em Recife) e realmente me preocupo com quem está com tantas dúvidas e gosto de ajudar/orientar/esclarecer sobre esse mundo tão confuso e novo para uns, haja vista que eu já passei por isso e tive que aprender sozinho praticamente... ^.^

    ResponderExcluir
  102. sim ... mas sei lá, só expressei minha opinião .. entenda como quiser ..

    ResponderExcluir
  103. @Mavielson_ infelizmente não posso barrá-lo mas de qualquer forma é bom que conhecemos o ponto de vista do outro lado =) Não achas interessante? Apesar de distorcido, pelo que estamos acostumados. Poderia colocar moderação de comentários mas e a liberdade de expressão?

    @Mello_ Ainda bem que hoje é feriado, dá pra tirar o atraso de sono, neh? rsrs Obrigado =)

    @Anonimo das 18:08_ ideia interessante, realmente. Quando eu tiver um pouco de tempo eu avalio melhor. Só espero que não vire mais um fast foda rsrs

    Um abç a todos. =)

    ResponderExcluir
  104. N.B., você já está produzindo outos posts ou ainda está colhendo os frutos desse aqui, por que, pelo que vi, esse foi "O post", acho que foi o que mais teve comentários no seu blog, estou certo?

    Estou esperando ansiosamente. Ahh e por favor se puder responde o e-mail que te enviei. xD. Abraços e parabéns.

    ResponderExcluir
  105. NB trabalho em uma empresa aerea, e não e em horario comercial, não sei o que é feriado a alguns anos rsrs...

    Anw, quanto ao comentário do anonimo, me lembrou bem do pensamento da maioria dos heteros, penso eu que, o Mavielson realmente colocou o msn dele para que possamos conversar, posso estar errado, mas prefiro acreditar assim.

    A maioria das pessoas pensam que quando uma pessoa que pode ser sexualmente atraida por ela se propoe a ajuda-la, a dispor de um tempo para ouvi-la sempre tem uma segunda intenção, sou meio bobo ainda e gosto de pensar que isso não é verdade, que podem haver pessoas que realmente se importam em tentar ajudar, porém será que isso é realmente verdade ??

    Pensar em tudo bonito, e feliz é legal, mas sei la, a vida não é esse mar de rosas...

    Sei la, até hoje eu não conheci ninguém que fizesse algo por que deveria ser feito, somente pessoas que fazem algo para ter algo em troca, as vezes isso é involuntário, mas penso que não, acho que o ser humano é extramente egoista, e sempre quer lucrar com algo...

    Meu post é realmente confuso né ??

    Mas sei la, a vida para mim é assim, existem as coisas que eu acredito, e as coisas que eu gostaria de acreditar, quase sempre a segunda opção é a mais "bonita"...

    Enfim, acho que viajei bastante no comment, das próximas vezes vou tentar não comentar bêbado !!


    Abrsssss

    ResponderExcluir
  106. Gente, por favor... É MaviAelson, não comam meu "A" do meio... ^.^

    ResponderExcluir
  107. @Anônimo de 15:49 _ sim, este é o post com mais comentários mas tenho alguns rascunhos para os próximos. To tentando manter 1 texto por semana, mas é complicado rsrs

    @Mello_ também acredito que as pessoas são boas por natureza, apenas mal interpretadas ou mal guiadas. Também acredito que Maviaelson queira ajudar, já tive o prazer de conversar com ele. O problema é que esperar o melhor do mundo nos deixa vulneráveis a decepções... mas não esperar nada de bom nos deixa apáticos e vazios...
    divagar é bom, mesmo bebado =) seja bem vindo

    ResponderExcluir
  108. Eu já acho que não tem como achar nada "de bom" na internet .. a maioria são de longe ...
    alguém daqui já conheceu alguem de longe que valesse a pena?
    N.B. você que tem o blog pode ajudar mais.. muitos leitores de longe de você entram em contato com você? algum interessante? rsrsrsrs
    beijos
    Leo - Criciumal

    ResponderExcluir
  109. muito interessante. parabéns ao dono do blog!!!

    ResponderExcluir
  110. Além dessa questão da religiao, eu vejo as coisas (e isso inclui assumir-se homossexual ou não assumir-se) como uma disputa de poder. E quem "tem" "poder" acaba ditando as "regras". Percebam que tanto parte da religiao quanto o machismo tentam desqualificar tudo que é contra o que eles acham correto. Quando eles conseguem -- e sao maioria -- eles se fortalecem, e quem está do outro lado, se enfraquece.
    Muito mais do que tentar achar explicações, é ir um pouco além para ver o embate de forças que está nos bastidores de muitas questões.
    Particularmente sobre a religiao, eu acho que existe muita hipocrisia, pois muitos religiosos gostam de apontar os outros e não tem a menor autocrítica.
    Eu sugiro que vocês leiam um livro bacana chamado "O discurso da servidão voluntária", Etienne de La Boetie.

    ResponderExcluir
  111. Muito interessante como ainda hoje, temos que ler sobre doença e sexualidade...Como pessoas "ligadas" nesse mundo virtual e bastante vasto podem ter suas cabeças (espero que pensantes) tão ligadas em ideias tolas e simplistas... Curti a forma como são escritos os post, mas acho engraçado a forma como lida com eles, como se estivesse dando explicações de suas ações as pessoas.
    Sobre religião, muita coisa você(s) poderiam ler e estudar um pouquinho mais e ver que algumas lacunas da Bíblia são explicadas claramente, infelizmente existem apenas algumas igrejas ou melhor (a maioria) que não podem ou não conseguem ver além do que é implantado a muitos anos por pessoas opressoras.
    Abs
    H.W.

    ResponderExcluir
  112. Revelações...Sério que vc tem um pau enorme?Hehehe.Perguntas indiscretas à parte, li uns poucos posts do blog, sendo esse o primeiro e gostei do que vi.

    Sobre a situação do armário, concordo com vc quando diz querer estar bem consigo mesmo antes de se assumir, porém me pego pensando se a aceitação não é algo que ocorre diariamente, e que se formos esperar não vamos nos assumir nunca, já que sempre haverá um pouco de preconceito e insegurança dentro de nós mesmos e externamente para vencermos a cada dia.

    PS: A foto no perfil é sua mesmo?

    ResponderExcluir
  113. Ah e esqueci de elogiar o bom gosto nas fotos, homens bonitos sem serem bombados demais.

    ResponderExcluir
  114. /\ Mais um afim do dono do blog, hsuahsuahsuh

    Tá podendo hein, N.B.! shaushuahsu

    @Mr. Hot Writer
    Não entendi direito sua observação sobre o post... Quer dizer que vc acha que o N.B. faz os posts pq passou pelo que está escrito? Bom, acho q o blog faz sucesso JUSTAMENTE pq muitos se identificam com os textos, me fazendo crer q muitos aqui passaram por essas e outras coisas, então não entendi o objetivo de vc pontuar isso... Também posso ter entendido errado, óbvio...

    Sobre a bíblia, acho q não confio nisso de 'ser explicada claramente', até pq a bíblia não é um livro claro e nem é pra ser. As pessoas não entendem, ou preferem não entender, que a bíblia é um livro histórico-cultural-religioso de um dado povo, num dado momento na História, recheada de costumes de uma época em particular, enfim, muito específico, pra querer se trazer seus "ensinamentos" pra nós hj em dia, e qualquer tantetiva de se "explicar claramente" não é mais que uma puxação de sardinha pro lado interessado, e o cristianismo é mais uma mitologia como várias que já pegaram essa alcunha mas que já foram religiões respeitadas e seguidas como verdades incontestáveis, fora que o próprio cristianismo se encheu de elementos pagãos pra ganhar popularidade e respeito e caráter de verdade... Boa noite à todos ^.^

    ResponderExcluir
  115. Sobre os Post(s) apenas comentei a forma como ele lida com o texto e suas ações... Acerca de religião, não tirei nenhuma palavra do que você mencionou, dissemos a mesma coisa.
    Atualmente escrevo contos, porque tenho me identificado bastante com este tipo de texto, e amo fazer as pessoas fantasiarem, viverem (ou mesmo relembrarem) situações acontecidas ou desejadas...
    O Tesão é algo que move o homem numa maneira geral, seja ele hétero ou homo ou outras denominações que possam existir por aí, somos atraídos e por isso estamos em constante movimento de busca e repulsa. É nesse sentimento que tento chegar... o desejo;
    Alguns vezes saiu do lance mais conto e me pego "analisando" um pouco as situações ou as pessoas, ainda então algumas formas de expressão de nossos desejos, por isso me identifiquei com este blog.
    Abs

    ResponderExcluir
  116. \o/ cara como foi bom descobrir esse blog! é bom saber q nao estou sozinho e q n sou unico!!
    vc é incrivel... e tbm culpado... por ter me viciado nesse blog.. rsrs
    é sempre bom conhecer pessoas com cérebro... e q o usam adequadamente! parabens><}
    me add no msn:
    thebestdamnthing1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  117. tenho 17 anos e tenho ainda muitas duvidas sobre a minha sexualidade e estou pedindo socorro pois a mistura d sentimentos esta muito forte e nao to consseguindo suporta e esse blog e qm ta mi dando um pouco mais de sobrevida preciso falar com alguem q mi de enstivo e queira um amigo flavin_ho_massa@hotmail.com meu msn

    ResponderExcluir
  118. Gus- Recife

    Fugindo um pouquinho do assunto do post...

    N.B. viu a capa da Revista TRIP do mês de outubro?!!

    Muito a ver com o que já postou sobre a questão de definições entre homo, hétero, etc...

    ResponderExcluir
  119. acabei de ver no google !
    coincidencia ou nao o proximo texto é exatamente sobre isso lol
    definicao de sexualidade e causas da homossex.
    abç gus

    ResponderExcluir
  120. E a enquete nada de mudar... KKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  121. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  122. Os seus textos ficariam muito melhores se realmente voce tivesse escolhido fotos que demostrassem carinho, amor e sentimento.

    Na primeira foto, voce ja me assustou com o título. Sou homossexual e nao estou pecando. O que voce imaginaria se estivesse no armario e entraria no neste blog para tirar dúvidas e medos?

    O homossexual vive uma vida tao normal quanto um hetero, e por causa da midia, paradas etc de vulgaridade é que surge o preconceito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anônimo, sou o Lucas!

      Estou colaborando com o blog junto com o N.B., desde o início do ano. Ele já fez um post sobre as fotos. Eu também tinha, nos primeiros contatos, uma visão parecida com a sua e aí mudei de ideia.

      Nu artístico, com sensualidade, erotismo, sem medo de feliz e de ser politicamente correto. Mas nada de cenas de sexo ou putaria.

      Repense isso, mas se continuar discordando, sempre será bem-vindo. Viva à diversidade de opiniões.

      Um abraço!

      Excluir
  123. Infelizmente só encontrei o blog agora. Não sou muito de acompanhar blogs, mas esse texto me interessou bastante, e fiquei impressionado com a discussão que se desenrolou. Acredito que o problema de Alfredo Pontes na verdade não é a sua sexualidade, mas o abuso que ele admite ter sofrido. Isso é complicado. A impressão que tive foi a de que ele projeta sua raiva pelo ocorrido no fato de ser homossexual, provavelmente baseando-se no que os religiosos de plantão pregam: você se torna gay por consequência de algum trauma.

    Cara, eu tenho 25 anos, sou gay, vivo no meio de héteros, todo mundo sabe de mim e é tudo muito tranquilo. Uma das coisas que eles aprenderam convivendo comigo foi que eu não escolhi ser gay, da mesma forma que eles não escolheram ser héteros. A vida é assim. Nunca fui abusado, meu pai sempre foi presente... enfim! Na tal enquete eu responderia SIM, mas não por querer ser 'normal' (nem vale a pena discutir esse conceito), mas simplesmente pra evitar estresses desnecessários, porque infelizmente o mundo ainda está recheado de homofóbicos de plantão, bem como racistas, travestidos de defensores dos direitos humanos.

    Não se apegue a esses discursos de religiosos fundamentados na bíblia. Dê uma sacada nesse trecho:

    "Ezequiel 9
    5. E aos outros disse ele, ouvindo eu: Passai pela cidade após ele, e feri; não poupe o vosso olho, nem vos compadeçais.
    6. Matai velhos, mancebos e virgens, criancinhas e mulheres, até exterminá-los; mas não vos chegueis a qualquer sobre quem estiver o sinal; e começai pelo meu santuário. Então começaram pelos anciãos que estavam diante da casa.
    7. E disse-lhes: Profanai a casa, e enchei os átrios de mortos; saí. E saíram, e feriram na cidade."

    Nesse trecho, resumindo, Deus mandou botar pra fuder em todo mundo, e foi o que foi feito. Eu te pergunto: vale mesmo a pena tentar entender a bíblia? E, principalmente, vale mesmo a pena se martirizar sobre algo que diz respeito exclusivamente a você baseado em algo que está escrito nela?

    Acredite: você seria gay mesmo que não tivesse sofrido abuso. Procure um psicólogo, faça uma terapia, é bom, eu já fiz! Tente vencer esse trauma, e depois as coisas se resolvem por consequência. Você tem problemas muito maiores do que tentar entender as causas da homossexualidade. Relaxe! Viva sua vida!

    N.B.: parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  124. Eu como psiquiatra, digo ao Sr. Alfredo Pontes que a medicina não enxerga a homossexualidade como transtorno mental ou do comportamento, visto em suas classificações mais atuais (CID-10 e DSM-IV). Inclusive pelos conselhos de classe (de psicólogos e psiquiatras), é considerado proibido terapias de "reversão da sexualidade humana". O que se pode (e deve) tratar são outros transtornos relacionados à sexualidade, como vaginismo, dispaurenia, ejaculação precoce, impotência sexual, pedofilia, zoofilia, necrofilia, etc.
    O CID 10 e o DSM-IV classifica a orientação sexual egodistônica (CID 10 F66.1), seja ela homo, bi ou heterossexual, quando não existe dúvida quanto a identidade ou a preferência sexual mas o sujeito desejaria que isto ocorresse de outra forma DEVIDO A TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS OU DE COMPORTAMENTO SOBREPOSTOS, DEVENDO BUSCAR TRATAMENTO SIM, MAS PARA O TRANSTORNO ASSOCIADO!
    A homossexualidade não é visto mais como doença pela MEDICINA desde a década de 70 (mais especificamente pela OMS), sendo retirada como transtorno psicológico e de comportamento do CID 10 e DSM IV em 1990. Enfatizo também que desde 1999 a ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria) juntamente com o Conselho Federal de Psicologia estabeleceram regras para a atuação dos médicos psiquiatras e psicólogos em relação às questões de orientação sexual, declarando que "a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão" e que os psiquiatras e psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e/ou cura da homossexualidade.
    O que devemos deixar claro é que muitos pacientes homossexuais tentam a "cura" da sua condição principalmente por problemas paralelos, como a não aceitação pelos familiares e amigos, gerando um quadro de transtorno depressivo! Portanto, antes de alterar a sexualidade de uma pessoa, o que considero tão invasivo e cruel, devemos ajudá-la no seu real problema! Afinal, estaríamos propiciando "alívio" não ao problema enraizado e sim ao superficial e demonstrável!
    Outro ponto que devemos enfatizar é a substituição do termo HOMOSSEXUALISMO por HOMOSSEXUALIDADE, visto que o primeiro em seu sufixo, sugere doença!
    O mais importante é enxergar as pessoas como únicas, portadoras de sentimentos, valores, virtudes, fraquezas e vivências passadas distintas uma das outras, tornando o ser humano inexoravelmente singular quando comparados uns aos outros e, é nessas diferenças que devemos nos considerarmos iguais!

    ResponderExcluir
  125. "Por outro lado, quem lê esse blog pode olhar pra dentro e confirmar que já tentou mudar e direcionar a sua sexualidade para o lado 'correto', e falhou. Não nos cabe escolher quem nos atrai. O que podemos fazer é aceitar e viver em harmonia conosco e com o que Deus nos proporciona: um detalhe, que muda levemente o nosso jeito de amar. E Deus quer que nós amemos uns aos outros, e que nos amemos."

    Essa colocação é excelente. Lembro que a minha passagem de hétero para homo foi um período longo, cheio de incertezas, culpas e desculpas. Já estava na faculdade quando comecei a me interessar por pornografia gay. Ainda não havia interesse por relacionamentos homoafetivos. No começo havia aquela disputa entre o consciente dizendo que "um homem não faz isso" e o desejo/atração involuntária por esse conteúdo.

    Tentei reprimir como pude, até que me apaixonei por um amigo de faculdade. Aí não teve jeito. Precisei conversar sobre isso com alguém e foi justamente com aquela que mais ou menos tem sido uma segunda mãe pra mim. Foi quando comecei a me aceitar, entender que é algo natural e que não deveria lutar contra. E como o espiritismo não condena a homossexualidade, nem mesmo precisei abandonar a religião ou as minhas crenças.

    Abraços.

    ResponderExcluir

#HTML10{background:#eee9dd ;}